quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Derby de Sexta-Feira à tarde

Há duas coisas que me fazem imensa confusão na calendarização dos jogos da Primeira Liga Portuguesa. A primeira é o facto de sermos a Liga que mais tarde marca os jogos, as grandes Ligas como a Espanhola ou Inglesa já tem praticamente todo o calendário marcado, já tinham à semanas. A nossa marcou ontem o calendário até à 12ª jornada. Depois somos a Liga com as jornadas mais alargadas num campeonato onde o fim de semana de futebol é muito maior que o próprio fim de semana em si. 

Se conhecerem relativamente bem o calendário das outras Ligas, facilmente perceberão que muito poucas tem constantemente jogos de sexta-feira à segunda-feira. Na nossa, vái-se lá saber porquê isso acontece praticamente todas as jornadas. Se calhar o nosso campeonato é demasiado grande e tem tantos jogos que precisa de ser assim tão dividido. Escusado será dizer que as equipas que jogam quer à sexta-feira, quer à segunda-feira serão sempre mais prejudicadas que as que jogam ao sábado e ao domingo pois a redução de adeptos no estádio será sempre garantida. 

É com isto em conta que partimos para o título deste artigo. Como referi ontem foram calendarizados os jogos até à 12ª jornada, entre eles encontra-se o FC Porto vs Benfica que  mantém a coerência do Sporting vs FC Porto sendo jogado num domingo às 18:00 e temos um derby contra o Boavista no Estádio do Dragão a realizar à 6ª jornada. Aqui tudo bem, ora não fosse esse mesmo derby ter sido agendado para o próximo dia  23 de setembro às 19:00. E se um jogo às 19:00 de sábado ou domingo não era assim tão mau, quando nos percebemos que esse mesmo jogo é às 19:00 de uma sexta-feira, eu pelo menos, fico incrédulo.

Sou daqueles que defende que os jogos da Liga Portuguesa deviam realizar-se todos ao sábado e domingo com o último jogo de domingo  a terminar o mais tardar às 20:00. Obviamente que poderão haver excepções, há jogos que obrigatoriamente terão que ser realizados à segunda-feira pois uma equipa da Liga Europa que jogue às quintas-feiras às 20:00 precisa por regulamento das habituais 72 horas de descanso, ou seja, apenas poderá jogar a partir das 22:00 horas de domingo. Todavia, em qualquer outro cenário isto não faz qualquer sentido. 

Eu não sei se os responsáveis pela calendarização dos jogos da Liga sabe, mas primeiro o Futebol Clube do Porto não tem apenas adeptos que vivem na cidade do Porto. Segundo, o Futebol Clube do Porto não tem apenas adeptos reformados e desempregados. Alias diria que mais de 50% dos adeptos do Futebol Clube do Porto que marcam presença no estádio trabalha, tem emprego e que muitos deles não vivem na cidade do Porto. Sim responsáveis pela Liga minha NOSsa há adeptos do Futebol Clube do Porto fora da cidade e com emprego como há de todos os clubes!

Posto isto, não vejo como é possível grande parte desses adeptos estar no estádio a uma sexta-feira às 19:00 horas para ver e apoiar a equipa diante desse jogo contra o Boavista. Eu certamente não estarei... 

E quem fala do Futebol Clube do Porto fala do Paços de Ferreira que vai receber o Nacional nesse mesmo horário na jornada 8 ou que se desloca ao Estádio da Luz, mais uma vez para jogar nesse mesmo horário na jornada 10. De resto, o Benfica até acaba por ser o mais  prejudicado tendo em conta que vai ter três jogos à sexta-feira até à 12ª jornada (Arouca fora, Paços de Ferreira em casa, Marítimo fora), dois deles às 19 horas e ainda uma na segunda-feira diante do Braga. E mais uma vez pergunto-me, com que necessidade? Por causa de um jogo para a Liga dos Campeões na terça-feira passadas 96 horas? Custa-me a entender. 

Penso que neste momento já será tarde para haver uma nova recalendarização para estas jornadas a não ser que os próprios clubes intervenham e peçam para que o jogo seja reagendado (dúvido). Mas espero que pelo menos para as jornadas seguintes novos horários sejam pensados. Horários de jogos a começar às 20:00 horas de domingo ou mais tarde, que cá tanto  acontece, não fazem sentido. Muito menos fazem jogos à sexta-feira ou à segunda, especialmente às 19:00! 

Eu percebo que seja mais interessante para a Liga, e começo a achar  que também para os clubes, meter as pessoas em frente à televisão invés de nos estádios, mas não tenho a mínima dúvida que para o futebol é muito mais interessante ter pessoas nos estádios do que em frente à televisão. 

Calendarização dos jogos do Futebol Clube do Porto com data e hora:

4ª Jornada - Futebol Clube  do Porto vs Vitória de Guimarães - 10/09 - 20:30 (Sábado)
Liga dos Campeões - Futebol Clube do Porto vs Copenhaga  - 14/09 - 19:45 (Quarta)
5ª Jornada - Tondela vs  Futebol Clube  do Porto - 18/09 - 18:00 (Domingo)
6ª Jornada - Futebol Clube  do Porto vs Boavista - 23/09 - 19:00 (Sexta)
Liga dos Campeões - Leicester vs Futebol Clube  do Porto - 27/09 - 19:45 (Terça)
7ª Jornada - Nacional vs Futebol Clube do Porto - 01/10 - 20:30 (Sábado)
Taça de Portugal - 14/15/16 de outubro
Liga dos Campeões - Brugge vs Futebol Clube do Porto - 18/10 - 19:45 (Terça)
8ª Jornada - Futebol Clube do Porto vs Arouca - 22/10 - 20:30 (Sábado)
9ª Jornada - Setúbal vs Futebol Clube do Porto - 29/10 - 18:15 (Sábado)
Liga dos Campeões - Futebol Clube do Porto vs Brugge - 02/10 - 19:45 (Quarta)
10ª Jornada - Futebol Clube do Porto vs Benfica - 06/11 - 18:00 (Domingo)
Taça de Portugal - 18/19/20 de novembro
Liga dos Campeões - Copenhaga vs Futebol Clube do Porto - 22/11 - 19:45 (Terça)
11ª Jornada - Belenenses vs Futebol Clube do Porto - 26/11 - 20:30 (Sábado)
12ª Jornada - Futebol Clube do Porto vs Braga - 03/11 - 20:30 (Sábado)
Liga dos Campeões - Futebol Clube do Porto vs Leicester - 07/11 - 19:45 (Quarta)

P.S: Não era esta época que iam começar a haver jogos da parte da manhã? Para além de terem sido muito poucos jogos marcados para esses horários (apenas cinco jogo em doze jornadas), ainda nenhum grande jogou nem irá fazer no calendário marcado até ao momento. Invés de marcarem jogos para sexta-feira à noite, marquem para sábado de manhã. Fica a sugestão!

P.S2: O Chidozie está suspenso por dois jogos depois de uma cotovelada no jogo entre o Freamunde e o Futebol Clube do Porto B. Dois pesos, duas medidas sempre a prejudicar os mesmos. Fica a nota! 


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Mais que nunca: Unidos!

"A dor e a injustiça de ontem transformaremos em mais trabalho, mais força e mais união. #SomosPorto "

É com esta citação por parte do nosso treinador Nuno Espírito Santo que início o meu texto. Hoje todos nós portistas sentimentos dor e injustiça pelos acontecimentos de ontem à noite e que a muitos dificultaram a dormida e muitos outros fizeram de hoje um dia difícil de passar.

Ontem em pleno Estádio de Alvalade assistimos a algo que temos vindo a assistir com alguma frequência nos últimos anos. Um jogo onde a nossa equipa foi claramente prejudicada e empurrada por parte da equipa de arbitragem num campo inclinado, assistimos a um roubo de catedral, ou de Vaticano tamanha a atrocidade de tudo aquilo que se passou.

Não sou muito de me queixar de arbitragem, sou mais de olhar para aquilo que a equipa faz de bem e mal e de apontar erros que possamos melhorar, mas ontem não tenho nada a apontar. A equipa entrou muito bem no jogo e marcou bem cedo, mas as intervenções erráticas do árbitro tudo fizeram com que tal cenário mudasse e nos empurrasse. Decisões erradas atrás de decisões erradas, normais para a comunicação social e para a APAF, "Fez uma grande arbitragem", mas que todos nós e quem mais quis viram que de grande nada teve. Todo esse conjunto de decisões erradas que virou um resultado, que era até então traduzido vitória justa, para um resultado mentiroso. Ainda assim a nossa equipa não se rendeu e foi com muito orgulho que vi miúdos e graúdos a lutar do primeiro ao último minuto com o critério e a cabeça possível na altura, pois não é fácil estar 90 minutos a levar porrada e a passar por aquilo que estes nossos jogadores passaram e no estádio que era contra uma equipa experiente e bem trabalhada, por um resultado diferente. Não conseguimos, nem tão pouco sei se nos permitiriam conseguir e por isso sem dúvida que Tiago Martins fez uma grande arbitragem ou a arbitragem que muita gente queria que ele fizesse.

Como referi este tipo de cenários não é anormal, quem não se recorda do empate a dois no Estoril na época do Paulo Fonseca quando seguíamos só com vitórias no campeonato em que sofremos golos num penalty fora de área e num golo em fora do jogo? Ou a época que se seguiu com Julen ao leme, a época do colinho que foi das mais vergonhosas de que há memória no campeonato português onde fomos inclusivamente prejudicados neste mesmo estádio de ontem tendo ficado um penalty por assinalar a nosso favor nos momentos finais que provavelmente nos daria a vitória? A sucessão de erros contra a nossa equipa tem sido uma constante, ainda na jornada prévia ficou um penalty por assinalar logo aos cinco minutos por falta sobre Varela e nós adeptos, revoltados, mas serenos temos aceitado, temos exigido mais da equipa e muitas vezes esquecendo-nos de exigir a quem realmente tem que ser exigido.

Da minha parte digo basta. Basta de sermos ingénuos e anjinhos e está na altura de lutarmos pelo nosso clube. Vi ainda há pouco um vídeo de um adepto do Porto chamado de Hélder Rodrigues que fala um pouco de toda esta situação e que recomendo a consulta de todos os adeptos. 

Está na altura de mostrarmos a nossa força enquanto adeptos do Futebol Clube do Porto, mostrar que não andamos a dormir, mostrar a nossa revolta e lutar contra este assalto de que temos vindo a ser alvos nestes últimas épocas e que parece querer continuar. Não podemos aceitar mais isto e por isso apelo a todos os adeptos portistas que na próxima jornada diante do Vitória de Guimarães saiam de casa e encham o Estádio do Dragão, que demonstrem a nossa força, que demonstrem que estamos aqui para ficar e que lutaremos contra tudo e contra todos, comunicação social, comentadores desportivos, arbitragem, liga, quem quer que venha. Vamos demonstrar que estamos unidos, que não nos rendemos, que não nos calamos e que temos a força necessária para contornar esta situação. Invés de apontarmos armas aos nossos, temos que as apontar aos nossos inimigos. Os nossos jogadores e o nosso treinador já demonstraram que o merecem!

Somos Porto e juntos somos fortíssimos!