quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Alterando Verdades, Por: Imprensa Centralista

Não é novidade que imprensa em Portugal é, regra geral, um lixo, completamente centralista e que odeia o Futebol Clube do Porto. Quando falo em imprensa não falo apenas em  jornais desportivos como o Record ou A Bola, ainda que estes sejam os casos mais claros de centralismo puro e de demonstrações de ódio constante ao nosso clube, mas outros como o Correio da Manhã e até mesmo canais de televisão com os seus programas desportivos onde dão tempo de antena a árbitros anti-Porto como o caso de Pedro Henriques (basta ver a quantidade de barbaridades que tem dito ultimamente, ontem assinaladas no Dragões Diários, e em especial algumas incoêrencias nas análises com ajustes às cores da camisola) ou que adoram fazer propraganda aos clubes da capital através de entrevistas encomendadas.

Mas pronto, sempre fomos habituados a um tratamento de desrespeito por parte da imprensa nacional e de rejúbilo aos enormes feitos como os negócios de milhões desses mesmos clubes, em particular o que joga de vermelho:




A diferença é que antes tinhamos capacidade de dar resposta a todo esse ódio com vitórias, alias esse ódio catapultava-nos para o sucesso, hoje em dia infelizmente tal não tem acontecido o que tem feito com que ainda seja mais fácil de nos desprezar. Ainda assim e numa altura em  que me parece unânime, tirando nesses tais ditos programas e imprensa, que o Futebol Clube do Porto tem sido claramente prejudicado no campeonato português, não só está época como demonstra o artigo aqui publicado pelo meu colega ontem, mas nas épocas transatas também, hoje tive a oportunidade de me deparar com está pérola do Record:


Pelos vistos e segundo a Liga da Verdade não temos razões de queixa, aliás ainda nos podemos é dar por satisfeitos por termos ganho um ponto no jogo passado diante do Tondela. Para combater um pouco esta contra-informação que pode induzir muita gente, nomeadamente aqueles que só olham para a tabela e para a palavra verdade, em erro vou-vos explicar em que consiste esta tão famosa Liga:

Na Liga da Verdade são contabilizados apenas erros que tenham influência direta no resultado, nomeadamente golos mal validados ou por validar que fariam a diferença no resultado final, penaltys mal assinalados ou por assinalar (não interessando tão pouco se o jogador falharia ou não por exemplo, assumem sempre que marca). É neste sentido que temos o tal ponto retirado ao Porto por um alegado penalty por marcar a favor do Tondela ainda na primeira parte que segundo esta tal Liga daria golo. Ou seja, para a Liga da Verdade de nada importa o momento em que o golo é marcado/não marcado, não importa se isso mudaria o rumo dos acontecimentos do jogo para melhor ou para pior e muito menos importa as razões de queixa que temos apresentado frequentemente ultimamente como o jogo violento por  parte dos adversários ou uma falta que trava um ataque em que Adrian López seguia isolado para a baliza do Tondela este fim de semana. Por outro lado, a mão de Bryan Ruiz já contaria, pelo que segundo esta Liga foi perfeitamente legal, obviamente!

Também não deixa  de ser interessante que para os jogos beneficiados ou prejudicados apenas contam lances com influência direta no resultado e portanto o pénalti por assinalar contra o Estoril ou o golo mal validado ao André Silva diante do Vitória Sport Club foram dois jogos em que o Futebol Clube do Porto não foi prejudicado, o  que demonstra que a noção de prejudicado ou beneficiado nesta Liga tem muito que se lhe diga.

Em suma, como referi, este tipo de coisas da nossa imprensa é habitual, não há respeito pelo Futebol Clube do Porto e por tudo aquilo que o nosso clube deu ao futebol português nem nunca haverá e sinceramente pouco me importa,  porque me dava um prazer imenso ver essa gente a espumar de ódio com as nossas vitórias. Estas infelizmente não tem acontecido com tanta frequência, mas cabe-nos a nós adeptos e clube lutar contra isto e usar isto para nos unir e contra-atacar como no passado. Resta saber se ainda há capacidade e vontade para tal, da nossa parte tudo faremos para que tal aconteça! 

0 comentários:

Enviar um comentário